HOMEM-FORMIGA E A VESPA | CRÍTICA SEM SPOILERS

01 jul 2018 0 2

Essa semana estreia nos cinemas “Homem Formiga e a Vespa“, primeiro filme da Marvel logo após o lançamento de “Vingadores: Guerra Infinita” e, com certeza, muitas pessoas estão ansiosas para saber se o filme tem alguma ligação com Vingadores 4 ou é só mais um filme independente.

payoff_antwasp_master-960x540

Homem-Formiga está de volta com o seu segundo filme e dessa vez ele está reorganizando a vida, tentando fazer seu papel de “pai perfeito”. Mas em um certo momento, Dr. Hank Pym e Hope Van Dyne o chama para uma missão bem importante que é trazer de volta a Janet Van Dyne, interpretada pela maravilhosa Michele Pfeiffer. Ela está presa no Reino Quântico há muitos anos e seu marido descobre uma forma de resgatá-la.  A partir disso, vemos (finalmente) Homem Formiga e Vespa trabalhando juntos.

A direção é de Peyton Reed, que dirigiu o primeiro filme também, e nesse ele traz um tom leve, com humor nas horas certas, muita ação e muitos efeitos especiais com uma qualidade incrível!
Num filme onde se vê personagens aumentando e diminuindo o tempo todo, objetos e até mesmo prédios enormes transformados em miniaturas, não poderíamos esperar menos.
São personagens voando , aparecendo e desaparecendo, e cenas no mundo quântico que são bem bonitas de se ver. Isso já faz valer a pena.

Paul Rudd está super a vontade no papel de Scott Lang e ele com o seu lado cômico, que já é natural, consegue cativar. No início, ele exagera um pouco no seu lado engraçado, e isso acaba tirando a leveza do personagem… mas, durante o filme, garante um tom perfeito e tem cenas bem divertidas com ele. Dessa vez, divide a ação com Evangelina Lily, interpretando a Vespa, e ela é um dos grandes destaques do filme, atuando super bem. É uma heroína determinada, intensa e com grande potencial para atuar com outros heróis nos filmes da Marvel.
blogib_homem-formiga-vespa_feat
A química entre a Vespa e o Homem-Formiga nas cenas de ação está muito boa, então dá vontade de ver mais da personagem nos próximos filmes. E para quem espera ver muitas cenas de romance, esse não é o foco… então, fica para a próxima.

Michael Douglas e Michele Pfeiffer garantem ótimas cenas, e como são veteranos, é até difícil esperar menos deles. Eles passam emoção e trazem um peso dramático com pontos importantes que podem somar no futuro da franquia.
E Michael Pena está de volta, ele que é o grande alívio cômico,  repetindo a piada do primeiro filme. E funciona!  Mas ele não fica com toda a responsabilidade da comédia. Os outros personagens também têm momentos bem engraçados e o próprio Hank Pym faz a gente rir em algumas cenas.

Quero destacar as cenas de Scott Lang com sua filha Cassie, que mostram o carinho dos dois e o companheirismo entre pai e filha. E tudo de forma bem humorada, o que deixou ainda mais especial.

O único ponto fraco do filme foi a vilã Fantasma, por não ser uma vilã inesquecível. Até conseguimos entender sua motivação, mas não é algo marcante. Ela acaba servindo apenas como um obstáculo para atrapalhar a missão do Homem-Formiga e da Vespa.

E sim, o filme tem ligação com “Vingadores 4”!  Ele deixa pistas do que pode acontecer nos próximos filmes e mostra a importância que o Homem-Formiga pode ter no futuro.
O filme 2 cenas pós créditos e a primeira delas vai te deixar de queixo caído!

ant-man-and-the-wasp-1013134-1280x0-1

É um filme leve, divertido, e tem muita ação para empolgar o grande público.

Se já assistiu, me conta aqui nos comentários o que achou do filme!
Beijos e até a próxima!

Por Fernanda Cerqueira.

Comente pelo Facebook
Posts Relacionados

Seja o primeiro a comentar!

E aí, o que achou?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *