Me Chame pelo Seu Nome | #Oscar2018

27 fev 2018 0 3

Me Chame Pelo Seu Nome é uma história de amor, que surge nas férias de verão da década de 80, entre duas pessoas que se descobrem no dia a dia, envolvidos pela atração e a incerteza do que pode acontecer dali para frente.

Elio (Timothée Chalamet)  é um adolescente que está passando uma temporada na Itália com seus pais. O pai dele (Michael Stuhlbarg) é um professor de História, que convida um jovem acadêmico, chamado Oliver (Armie Hammer), para se hospedar na casa e ajudá-lo em algumas pesquisas. E isso acaba despertando outros sentimentos no jovem.

me-chame-pelo-seu-nome-Cópia

Mas engana-se quem espera um romance fácil. Há dúvidas sobre o que está acontecendo, aquele incômodo sobre o que um pensa do outro, uma certa competição… Oliver acaba interferindo na rotina tranquila de Elio e isso gera um pequeno desconforto. Ele quer entender porque Oliver se destaca tanto entre sua família e amigos… mas nada é explícito inicialmente. A conexão entre eles surge a cada cena e isso faz com que haja uma atenção maior nos detalhes de cada encontro (seja proposital ou por acaso).

Baseado no livro homônimo de André Aciman, o filme foi adaptado pelo roteirista James Ivory e dirigido por Luca Guadagnino. Há uma mistura de cenas sensíveis com cenas dramáticas e intensas, fazendo com que o público sinta o que os personagens estão sentindo em cada momento. Mesmo assim, o filme todo nos passa aquela tranquilidade gostosa de “férias de verão” e parece que estamos vivendo realmente no tempo deles.

22 de Novembro de 2017 - Filme - Me Chame Pelo Seu Nome. - Zoeira - 18ZO0501 - NLVL

Oliver consegue encantar com seu charme, intensidade e firmeza nas atitudes. Mas Elio ganha todo o destaque em cena, conseguindo seduzir com sua personalidade doce, quente e envolvente. Ele se joga na relação de tal forma que, em certo momento, não tem mais medo de sentir e viver tudo o que deseja.

Por mais que Armie Hammer esteja num dos melhores papéis de sua carreira, é Timothée Chalamet que consegue entregar uma performance digna de premiação. A química entre os dois é inegável e faz com que a gente torça para que o romance deles dure a vida inteira.

call-me-by-your-name-750x380

A paleta de cores quentes na fotografia, traz sensualidade e um sentimento nostálgico ao mesmo tempo. Como se estivéssemos ouvindo alguém contar a sua história que aconteceu há anos atrás. E isso nos conecta ainda mais com a obra e seus personagens.

Com quatro indicações ao Oscar (Melhor Filme, Melhor Roteiro Adaptado, Melhor ator e Melhor Canção Original), Me Chame pelo seu Nome é uma história de autodescoberta, de entrega amorosa e de aprendizado sobre uma nova relação. Um amadurecimento em que não precisa de questionamentos sobre a sexualidade, e sim de saber a hora certa de ir atrás dos seus desejos.

Dica: Não vá embora quando os créditos aparecerem na tela e apreciem a atuação de Chalamet na útima cena.

Classificação : 14 anos

Espero que tenham gostado da crítica de hoje e que acompanhem o blog e o canal para ficarem por dentro dos maiores filmes indicados desse ano!
Até a próxima.

Comente pelo Facebook
Posts Relacionados
0 Comentários

E aí, o que achou?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *